sábado, abril 17, 2010

POETTA _ Insekto

JAZZ

Um comentário:

Pedro Harres disse...

Muito bom cara!

Gostei mesmo!

Ha um jazzista soturno dentro de cada um de nos... ou pelo menos de alguns

Enfim, aqui me vejo.

Abraco
Pedro Harres